Archive for abril \24\UTC 2008

Vem Jesus – O Chamado da Noiva

abril 24, 2008

E o Espírito e a noiva dizem; Vem! E quem ouve diga: Vem! E quem tem sede venha; e quem quiser tome de graça da água da vida.” (Apocalipse 22:17) …

Vem Jesus – O chamado da noiva é um projeto criado no início de 2008 de mobilização , clamor, intercessão e adoração que visa a unidade e a intimidade da igreja com o noivo Jesus, para seguir o seu chamado no Brasil e nas nações. Tem também como objetivo a busca pelo avivamento espiritual e da compaixão pelas vidas através da comunhão.

Serão 3 dias de oração, intercessão e adoração, clamando pela manifestação poderosa do Espírito Santo na nação brasileira.

Ore por este projeto que mobilizará o Brasil e as nações.

Como iniciou o projeto ?

Em 2008 criamos um projeto (interdenominacional) para mobilização e intercessão da Igreja, que se chama VEM JESUS – O CHAMADO DA NOIVA.
Através de mobilização, intercessão e adoração queremos orar pela nação brasileira em 3 dias de consagração com jejum e oração. O objetivo é orar pela nação e igreja brasileira e seus desafios. E isto é responsabilidade dos cidadãos dos céus, ou seja, a Igreja.

Por que o nome Vem Jesus – O Chamado da Noiva ?

Temos visto ao redor do mundo muitas coisas acontecerem catástrofes, misérias,fomes, pestes e etc… É claro que tudo isso já havia sido predito na palavra de Deus. Este são os sinais da volta de Cristo. Mas diante disso, o que nós como igreja temos feito e o que iremos fazer ?

Esperar o fatalismo acontecer ou agir de acordo com o chamado de Cristo ?

A palavra diz que: “E se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e buscar a minha face e se converter dos seus maus caminhos, então eu ouvirei dos céus, e perdoarei os seus pecados, e sararei a sua terra. ” (2 Cr 7:14).

Baseado no livro de Ester onde por 3 dias o povo orou e jejuou para que o Senhor mudasse a sorte diante dos decretos contrários contra o povo escolhido,
este “chamado” é para todos cristãos que compreendem a necessidade de orar e jejuar pela nação e desejam faze-lo de inteira vontade. O chamado de Ester foi para todos, mas cada um deve saber de sua responsabilidade e voto com Deus. (Ester 4:12).

A mobilização é para a Igreja de Cristo por isso não está limitada ao templo, pode ser feita na própria casa, como no Purim. A estratégia de como será a intercessão fica a critério da direção do Espírito Santo, pois creio que a estratégia varia de acordo com a localidade.

Vem Jesus – O chamado da Noiva é uma assembléia solene cujo foco maior é “consagrar o povo de Deus” para uma vida espiritual de oração e adoração. O objetivo é reunir pessoas que queiram “estar na brecha” pelo povo diante de Deus .
Em razão disso, os objetivos deste ajuntamento são :

1) Convocação e assembléia solene para avivamento – Sabemos que os maiores avivamentos espirituais da Igreja vieram em virtude de ajuntamentos e mobilizações de jovens e pessoas que eram inconformados com a religiosidade e mornidão da Igreja e trouxessem de volta o Teshuvá do Senhor, ou seja, Sua Presença e Palavra na vida das pessoas.Na verdade, podemos afirmar que maioria dos avivamentos bíblicos e atuais foram precedidas por assembleias ou convocações solenes de impacto. Muitas vezes o declínio espiritual, a aflição do povo de Deus e a falta de busca pela presença do Senhor propiciaram que se convocassem assembleia solenes. Ao saber do decreto contrário ao seu povo Ester declara a Mordecai seu tio: ” Vai e ajunta a todos os judeus que se acharem em Susã e jejuai por mim e não comais e bebais por 3 dias, nem de noite nem de dia; eu e minhas servas também jejuaremos. (Ester 4:16-17)

2) Busca em arrependimento e jejum – Diz a palavra de Deus que ao saber do decreto de morte que havia sobre o povo de Deus, através de Mordecai, o povo fez confissão dos pecados e se pôs a arrepender, a jejuar e orar ao Senhor. Ester resolveu jejuar com suas moças(Et 4:16), para que no tempo certo se apresentasse diante do Rei.(Et 4:16). Resolveu jejuar por 3 dias, para que se encontrasse com o rei ao terceiro dia. Antigamente a única forma que uma pessoa poderia obter o favor do rei era se ele estendesse seu cetro de ouro na direção do pedinte para que vivesse (Et 4:11). Ester sabia disso, foi então que ela recorreu ao um REI MAIOR, Rei da Glória (Sl 24:7-10)que tem no seu manto e na sua coxa, inscrito Rei dos Reis (Ap 19:16) constituído por Deus que com cetro de ferro regerás todas as nações da terra (Sl 2:6;9;Ap 12:5)
Enquanto oravam, Ester fez um pedido de banquete diante do rei. Foi nesse tempo, onde até os animais jejuaram que a “sorte de Israel” foi mudada. Nosso maior objetivo é que essa convocação solene mude a sorte da nossa nação, bem como de todos que estiverem envolvidos direta ou indiretamente nesse propósito. Os propósito estarão relacionados não a uma igreja específica, mas a Noiva de Cristo, ou seja, a toda Igreja do Senhor. (Ester 4:16; Joel 2:12,15-16).

3) Mudança da sorte do povo de Deus através da oração e intercessão- O objetivo de uma assembléia solene e da convocação é com o intuito de mudança. Mordecai disse a Ester:

Porque, se de todo te calares neste tempo, socorro e livramento de outra parte sairá para os judeus, mas tu e a casa de teu pai perecereis; e quem sabe se para tal tempo como este chegaste a este reino? (Ester 4:14)

Precisamos clamar e não se calar diante das circunstâncias contrárias.
Como no caso da consagração dos judeus na convocação de Mordecai e Ester devemos nos levantar em oração e intercessão para que o Senhor mude a sorte.Ela sabia que se esse Rei estendesse seu cetro de justiça sobre ela a sua causa seria ouvida e o decreto será revogado. Seu pedido ao Rei foi simples e direto: Um banquete para ao rei na presença do seu adversário. Enquanto o adversário se exaltava (Et 5:11) o Senhor preparava o banquete de Ester. E Deus preparou um banquete e Hamã ( o inimigo) foi desmascarado.(Et 7:1-10). Da mesma forma, esperamos que todos os intentos do inimigo e adversário (Satanás) seja anulado em nossas vidas em nome de Jesus (O Rei) .
Como diz a palavra de Deus: Preparas uma mesa perante mim na presença dos meus inimigos, unges a minha cabeça com óleo, o meu cálice transborda.(Sl 23:5)

4) Levantamento de líderes espirituais na nação – Da mesma forma que o Senhor mudou a sorte do povo pela oração, Deus levantou em especial duas pessoas para fazer aquela obra. Naquele momento de aflição, o Senhor levantou pessoas que marcassem aquela geração que no caso foi um homem e uma mulher (Mordecai e Ester). Esperamos que através dessa mobilização e assembléia solene, Deus levante uma nova geração de líderes espirituais que façam a diferença em nossa nação e também em outras nações. É também com esse intuito que essa assembléia solene e mobilização se designa.

5) Comunhão e adoração – Muitas vezes as aflições e angustias nos deixam mais sensíveis, mais unidos e consequentemente nos faz buscarmos com maior intensidade a Deus. No convocação de Ester foi assim, foi através daquela situação que o povo se pôs a buscar Deus e a resposta para este clamor foi mais intimidade com Deus e uma maior comunhão entre os irmãos. Diz a palavra de Deus que até hoje o povo de Deus adora ao Senhor pelo livramento dado ao Seu povo no dia do Purim onde a Palavra de Deus é lida e onde o povo se reúne para ter comunhão, celebrar e festejar a vitória diante do Inimigo.

6) Ter mais compaixão ao próximo – Como foi dito, através da mobilização de Ester o povo se reuniu para buscar e orar e o resultado foi o livramento do povo. Mas acreditamos que além do livramento tanto a fome da palavra, a fome física precisa ser restaurada. Como já foi dito, o povo judeu até hoje se reúne no Purim, para celebrar a Deus através de pressentes(mishloach manot), de refeições festivas (seudá), mas também através de atos de compaixão e caridade, que os judeus chamam isso de matanot le’evionim.
E tudo isso, não é um mero ritual judaizante, mas segue também o mandamento que Jesus nos ensina que devemos amar nosso próximo como a nós mesmo com coração puro , de boa consciência e uma fé não fingida (Mateus 22:39; 1 Tm 1:5)
Através das parábolas como a do bom samaritano (Lucas 10:30-37) aprendemos que devemos ajudar os necessitados em suas necessidade. Como também diz em 1 Jo 3:16 o seguinte: Nisto conhecemos o amor de Deus: que ele deu a sua vida por nós, e nós devemos dar a vida pelos irmãos. Quem, pois, tiver bens do mundo, e vir o seu irmão necessitado e lhe fechar o seu coração, como estará nele o amor de Deus?
Essa mobilização serve também para ajudar o necessitado espiritualmente e fisicamente,sendo isso um dos grandes diferenciais dessa nossa mobilização que é a ajuda assistencial.

7) Preparar a noiva(Igreja) para a volta de Cristo – Diz a palavra de Deus que no último dia, Ester se aprontou com seus trajes reais e se pôs no pátio interior na casa do Rei. (Et 5:1). Os trajes reais estão revestidos dejustiça e majestade (coroa incorruptível) louvor, honra e santidade (manto).
Sobre este último o livro de Efésios no capítulo 5 relata que o Senhor santifica sua Igreja pela Sua Palavra para apresentá-la a si mesmo como Igreja gloriosa, sem mancha nem ruga ou qualquer outra imperfeição, mas santa e inculpável.(Ef 5:27). A busca pela santidade deve ser uma prioridade a Sua noiva (1 Pedro 1:13-16; 3:15).

Vemos que as vestes de Ester mudaram do primeiro dia – pano de saco (confissão e arrependimento) para trajes reais ( justiça e santidade).

Da mesma forma queremos ajuntar a Noiva de Cristo para conosco participar deste projeto “aprontando” a Noiva de Cristo. Sabemos que apenas um ajuntamento solene não fará isso. Mas entendemos que isso ajudará em parte para nos prepararmos para um propósito determinado por Deus.

Por isso convidamos você a participar dessa mobilização e e assim esperamos que aconteça nesta assembléia, neste projeto de mobilização chamado VEM JESUS – O CHAMADO DA NOIVA.

Quando ?

A data será justamente na data do Purim Judaico de 2017 que começa segundo o calendário no 14 de adar , ou seja, nos dias 9 e 12 de março . O Jejum de Ester é observado na quinta, enquanto o Purim ié observado no domingo) onde não haverá jejum mas um culto de ação de graças ao Senhor.

Se grupos ou igrejas desejam faze-lo e nos comunicar deixe nos comentários.

Faça parte deste projeto, clicando aqui abaixo

https://www.facebook.com/Vem-Jesus-O-Chamado-da-Noiva-727…/…

ou www.chamadodanoiva.wordpress.com

 
Ore por este projeto que mobilizará o Brasil e as nações.

Anúncios

Terremoto no Brasil – Aviso de Deus

abril 23, 2008

Terremoto no Brasil – Aviso de Deus

Tremor de 5,2 graus na escala Richter atinge SP e é sentido em outros 4 Estados

Um terremoto de 5,2 graus de magnitude na escala Richter atingiu diversas regiões de São Paulo na noite desta terça-feira 22/04/08, e foi sentido em mais quatro Estados. O epicentro foi no mar, a 215 km da costa do Estado de São Paulo, segundo informação do Observatório de Sismologia da Universidade de Brasília (UnB). O fenômeno foi registrado às 21h00min48 e durou três segundos. O tremor foi um dos sete maiores em magnitude registrados por sismógrafos no país, segundo o professor George Sand França, da UnB.

Não há registro de feridos ou de ocorrências graves, mas foram registradas rachaduras em edifícios no bairro do Butantã e no Hospital Estadual da Vila Alpina, na zona leste da cidade.

Moradores de edifício no Butantã, em SP, abandonaram suas casas e relataram que parade interna ficou rachada com o tremor
Além da capital, moradores de vários locais do Estado de São Paulo, como a região do ABC paulista, Baixada Santista e Campinas informaram ter sentido os tremores. Cidades mais distantes como Americana, a 120 km da capital, também sentiram o abalo. Moradores de Estados vizinhos afirmam ter sentido um leve tremor, como internautas de São Gonçalo e da Ilha do Governador, no Rio de Janeiro, relataram ao UOL. Reflexos do tremor também chegaram ao Paraná, Minas Gerais e em Santa Catarina.
O Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE) de São Paulo confirmou que recebeu dezenas de ligações de todas as zonas da capital com relatos do abalo.

AVISO DE DEUS

O Senhor tem avisado há muito tempo e através dos seus profetas em todo mundo sobre o juízo. Transcrevo abaixo as visões de um de seus profetas relatadas em 98, e desde lá muito coisa já aconteceu e em negrito o que se relaciona ao nosso país o Brasil. O mais interessante é que tanto o que tem acontecido na Igreja, como o relato tem sido verídico.

Lembrando que este é o segundo indício de terremoto no Brasil. O outro aconteceu ano passado, em 14/12 em Itacarambi/MG, com escala de 4,9. São terremotos pequenos para muitos, mas para mim é o príncipio das dores.

Anjos Anunciam Catástrofes Mundiais a Pastor Doctorian

O pastor Samuel Doctorian é libanês, naturalizado americano, e conheceu a Cristo na Igreja do Nazareno, de Jerusalém, onde há 53 anos começou a pregar o evangelho.

Faz alguns anos que o Pr. Samuel Doctorian vem alertando igrejas de todo o planeta sobre uma calamidade mundial que já teria começado a acontecer. Essa seqüência de catástrofes lhe teria sido mostrada em uma visão na ilha de Patmos, onde o apóstolo João recebeu a mensagem do Apocalipse. Doctorian prevê terremotos em vários países, a divisão da Austrália em duas partes, sendo que uma delas afundará no mar, guerras nucleares no Oriente Médio, inundações em toda a Europa, fome na África, terremotos nas Américas e destruição de muitas cidades, incluindo o Brasil. Algumas já se cumpriram como o Tsunami em 2004 e outras. Este artigo não é oportunista, nem visa criar sensacionalismo, mas somente alertar do que está ocorrendo.

Quem tem ouvidos ouça o que o Espírito diz as Igrejas.

Os Cinco Anjos dos Continentes
Samuel Doctorian
16 de Agosto de 1998 na ilha de Patmos

“Eu estava sozinho em uma casa na ilha de Patmos por várias semanas para orar e buscar o Senhor. Encontrei uma pequena capela – Capela de São Nicolas – onde ninguém vai. Fui até lá e derramei meu coração diante de Deus. Havia uma rocha ao lado de uma colina onde eu me sentava e orava. Fazia meditação e leitura da Bíblia. Comia muito pouco naqueles dias. Várias vezes fui até a caverna de João, onde ele recebeu a grande Revelação.

Enquanto meditava por um mês neste lugar solitário, pensei, “imagino se o Senhor irá enviar um décimo anjo ?” Eu tinha visto anjos nove vezes antes – na Inglaterra, em Belgrado, Iugoslávia, em Amman, Jordânia, em Jerusalém, e um anjo que cuidou para que uma mulher não fosse enforcada no Egito. Eu vi o nono anjo em Beirute no meio da guerra. O anjo fisicamente me acordou às 3 da manha e me disse para sair do país imediatamente. Sou grato ao Senhor até hoje – Eu não sei o que teria acontecido comigo se o anjo não tivesse vindo. O Céu me dirá um dia. Então imaginei se veria um anjo pela décima vez. Houve algumas vezes enquanto eu estava orando em que eu senti esta presença e perguntei “Senhor, estarei imaginando que um anjo está vindo agora ?” Mas era somente um sonho. Eu queria ver um anjo, como tinha visto nas nove vezes anteriores.

No dia 20 de junho as 3:50 da manhã, aqui em Patmos, de repente meu quarto ficou cheio de luz, e não existem luzes aqui. É uma casa solitária no fim de uma estrada perto de um monastério. De repente, acordei e vi cinco belos anjos. Vi as suas faces – perfeitas e como de humanos – mas cheias de luz. Eu vi os seus olhos, os seus cabelos, as suas mãos.

Ao meu lado direito havia dois anjos, e quando olhei para a esquerda vi três outros anjos com asas. Eles tinham belas vestes brancas descendo até o chão – algo que eu não poderia descrever com palavras humanas. Fiquei pensando porque esses anjos teriam vindo, mas eu estava tremendo e balançando. Eu queria chorar, mas não podia. Um pouco antes de ter visto estes anjos no Espírito, tinha visto a mim mesmo em uma grande reunião de multidões, e eu estava pregando em inglês. Um intérprete estava a minha esquerda com cabelo escuro e um terno cinza, mas eu não posso me lembrar que língua ele estava falando. Eu estava profetizando esta mensagem : “Minha igreja, você prega o amor, você ensina o amor, mas você precisa praticar o amor – mostrar o amor. Existe uma necessidade de unidade no meu corpo. Existem muitas divisões entre vocês. O meu espirito não vai mover e trabalhar onde não existe unidade. Existe carnalidade na minha igreja; muita falta de limpeza na minha igreja. Eu desejo e eu quero um povo santo. Eu morri para fazê-los santos.” Enquanto eu estava profetizando no espírito eu estava tremendo. Os meus olhos se abriram e eu estava olhando para uma grande multidão. E de repente, no meio da profecia, estes anjos poderosos apareceram. Voltei do púlpito e pensei que iria cair. Agora estou bem acordado, mas tudo isso esta acontecendo no espírito. Algum poder me ajudou a não cair e eu imaginei o que estaria acontecendo.

Então, de repente, o primeiro anjo ao meu lado direito disse: “Nós somos os cinco anjos dos cinco continentes. Nós estamos aqui para dar a você mensagens dos cinco continentes do mundo.” No momento em que eu ouvi aquilo, eu também ouvi a multidão chorando, “ohhh, ohhh, ohhhh”. Acredito que a multidão tenha visto os anjos também. De alguma forma o Senhor me mostrou aquilo nos dias em que estão por vir, em muitas partes do mundo, Deus está por revelar-se através de anjos ministradores. Está por acontecer publicamente; está por acontecer nas igrejas – milhares de pessoas vendo anjos ao mesmo tempo. Eles estarão ministrando ao corpo nestes últimos dias. Então veio esta mensagem veio dos anjos : “O que você vê e ouve, conte as nações.” Então não é algo para eu manter para mim mesmo. Quer eles aceitem ou não, eu tenho que contar as nações.

PRIMEIRO ANJO
O primeiro anjo disse: “Tenho uma mensagem para toda a Ásia.” Quando ele disse aquilo, num espaço de poucos segundos, eu podia ver toda a China, Índia, os países da Ásia como Vietnam, Laos… Eu nunca havia estado nestes países. Eu vi as Filipinas, Japão, Singapura, Malásia e Indonésia. E então o anjo mostrou-me toda a Papua Nova Guiné, Irian Jaya até embaixo na Austrália e Nova Zelândia.

“Eu sou o anjo da Ásia,” ele disse. E na sua mão eu vi uma tremenda trombeta que ele vai soprar sobre toda a Ásia. Tudo o que o anjo disse, vai acontecer com a trombeta do Senhor sobre toda a Ásia. Milhões vão ouvir a voz poderosa do Senhor. Então o anjo disse: “Vai haver um desastre, fome – muitos vão morrer de fome. Ventos fortes serão como nunca aconteceram antes. Uma grande parte será chacoalhada e destruída. Terremotos vão acontecer sobre toda a Ásia e o mar cobrirá a terra.

Eu vi isto em 20 de junho. Hoje é 16 de agosto. Há poucas semanas atrás eu escutei notícias de vilarejos completamente varridos ao mar em Papua Nova Guine. Milhares de vidas em grande perigo. Aquilo ocorreu a poucas semanas atrás, e o anjo me contou que vai acontecer sobre toda a Ásia. “A terra cairá dentro do mar,” eu escutei o anjo dizer, “parte da Austrália será abalada. Austrália será dividida, e uma grande parte ira para dentro do oceano.” Isto era assustador. Eu pensei se eu estava escutando corretamente. Mas o anjo disse, “Milhões vão morrer na China e na Índia. Nação será contra nação, irmão contra irmão. Asiáticos vão lutar uns contra os outros. Armas nucleares serão utilizadas, matando milhões.” Duas vezes eu escuteis as palavras. “Catastrófico! Catastrófico!” Então o anjo disse: “A crise financeira virá sobre a Ásia. Eu abalarei o mundo.”

Eu estava tremendo enquanto o anjo estava falando. Então ele olhou para mim, sorriu e disse, “Haverá o maior despertar espiritual. As correntes serão quebradas. Barreiras serão removidas. E sobre toda a Ásia, China, Índia, as pessoas se voltarão para Cristo. Na Austrália haverá um reavivamento tremendo.” Eu escutei o anjo da Ásia dizer: “Será a última colheita.” Então, como se o Senhor estivesse falando, ele disse “Eu prepararei a minha igreja para o retorno de Cristo.” Eu estava feliz com estas boas novas depois da mensagem do juízo. Durante todo o tempo os cinco anjos estavam no meu quarto, eu podia sentir a presença deles – era tremendo.

SEGUNDO ANJO
Então eu vi que o segundo anjo tinha uma foice em sua mão, como as que são usadas na colheita. O segundo anjo disse: “A hora do colheita chegou a Israel e aos países por todo o caminho até o Irã.” Eu vi aqueles países em poucos segundos. “Toda a Turquia e aqueles países que me rejeitaram e rejeitaram a minha mensagem de amor irão odiar-se uns aos outros e destruir-se uns aos outros.” Eu vi o anjo levantar a foice e descer sobre todos os países do Oriente Médio.

Eu vi o Irã, Pérsia, Armênia, Azerbaijão, toda a Georgia, Iraque, Siria, Líbano, Jordânia, Israel, toda a Ásia menor, cheios de sangue. Eu vi sangue sobre todos esses países. E eu vi fogo; armas nucleares usadas em muitos destes países. Fumaça subindo em todos os lugares. Destruição repentina. Homens destruindo uns aos outros.

Eu escutei estas palavras: “Israel, oh Israel, o grande juízo chegou.” O anjo disse, “O escolhido, a igreja, o remanescente, serão purificados. O Espírito de Deus prepará os filhos de Deus.” Vi fogos subindo aos céus. O anjo disse: “Este é o julgamento final. A minha igreja será purificada, protegida e pronta para o dia final. Homens morrerão de sede. Água será escassa sobre todo o Oriente Médio. Rios secarão, e homens vão guerrear por água nestes países.” O anjo mostrou-me que as Nações Unidas serão quebradas em pedaços por causa da crise no Oriente Médio. Não haverá mais Nações Unidas. O anjo com a foice fará a colheita.

TERCEIRO ANJO
Então um dos anjos com asas me mostrou a Europa de um fim ao outro – do norte por todo o caminho até a Espanha e Portugal. Na sua mão ele tinha uma escala para medir. Eu o vi voar sobre a Europa, e eu ouvi as palavras. “Eu estou pesaroso. Eu estou pesaroso. Injustiça, impureza, falta de Deus – sobre toda a Europa. O pecado subiu aos céus. O Espírito Santo esta pesaroso.” Eu vi os rios da Europa inundando e cobrindo milhões de casas. Milhões afogados. Depois de ver isso, li as noticias há algumas semanas atrás. A Checoslováquia teve a pior inundação de todos os tempos. Eu tambem escutei que o grande rio na China está causando um perigo de milhares casas serem destruídas por inundação.

Eu não conhecia estas notícias antes de ter a visão e escutei o que os anjos me disseram. De repente, ouvi terremotos por toda a Europa.”Países que não tiveram terremotos serão abalados,” disse o anjo. E de repente, no meu espírito, vi a torre Eiffel em Paris em pedaços a cair. Uma grande parte da Alemanha destruída. A grande cidade de Londres, destruição em toda a parte. Eu vi as inundações em toda a Escandinávia. Olhei para o sul e vi a Espanha e Portugal passando por fome e grande destruição.

Muitos vão morrer de fome sobre toda a Espanha e Portugal. Eu me perturbei com todas estas notícias, e disse: “Senhor, e nossas crianças?” O anjo disse: “Eu as prepararei. Elas estarão procurando pela aparição do Senhor. Muitas vão chorar a mim naqueles dias e eu as salvarei. Eu farei milagres poderosos para elas e mostrarei a elas o Meu poder.” Então no meio da grande destruição, haverá a graça de Deus naqueles países. Eu estava feliz que Deus tivesse a sua proteção sobre suas criancas.

QUARTO ANJO
Agora nós vamos a África. Eu vi o quarto anjo com asas voar sobre a África, e eu podia ver de Capetown no sul por todo o caminho até o Cairo. Eu vi todos os países lá, mais de cinquenta deles. O anjo da África tinha uma espada em sua mão – uma espada tremenda e afiada. De repente, escutei-o falar: “Sangue inocente foi derramado. Divisões entre as pessoas, gerações longe do Senhor . Eles mataram uns aos outros, milhares de pessoas. Tenho visto meus filhos fiéis na África, e eu retribuirei a sua fidelidade no continente da África. Eu os abençoarei abundantemente. Eu controlarei o tempo – queimaduras leves e fortes do sol em algumas partes. Grandes rios irão secar, e milhões irão morrer de fome. Em outras partes, inundações. Fundações serão abaladas. A minha espada irá julgar o injusto e o sedento de sangue. Tantos terremotos acontecerão que os rios irão fluir em diferentes direções no continente, inundando muitos vilarejos.”

Eu vi grandes pedaços caindo do céu sobre diferentes partes da África. “Haverá tremor de terra como nunca desde a criação. Ninguem escapará da espada do Senhor.” Eu vi o rio Nilo secar. É deus do Egito. Peixes mortos e fedendo sobre todo o Egito. Uma grande parde da África Meridional será coberta com água, milhões morrendo. “Senhor,” eu disse,”tudo isso são más notícias. Tudo destruição. Alguma notícia boa?” O Senhor disse: “O dia final chegou. O dia do juizo está aqui. O meu amor foi rejeitado agora, e o fim chegou.” Eu estava abalado e tremendo. Eu pensei que não poderia suportar.

QUINTO ANJO
Então eu vi o último anjo voando sobre a América do Norte e do Sul, por todo caminho do Polo Norte até a Argentina. Do leste dos EUA até a Califórnia. Vi na sua mão uma vasilha. O anjo disse que ele iria lançar sobre os países os juízos que estavam na vasilha. Então eu escutei o anjo dizer: “Sem justiça, sem retidão, sem Santidade, idolatria, materialismo, bebedices, servos do pecado. Derramando sangue inocente – milhões de bebês sendo mortos antes que nasçam. Famílias são quebradas. Uma geração adúltera, Sodoma e Gomorra estão aqui. Os dias de Noé estão aqui. Falsos pregadores, falsos profetos. Recusa do meu amor. Muitos deles tem a imitação da religião, mas negando o poder real.

Quando eu ouvi tudo aquilo, eu implorei ao anjo: “Você não pode esperar um pouco mais? Não derrame os juízos. Dê uma chance para o arrependimento.” O anjo disse: “Muitas vezes Deus tem se refreado e falado, mas eles não ouviram. A sua paciência chegou ao fim. Preste atenção, o fim chegou. Eles amaram o dinheiro e prazer mais do que eles amaram a mim.” A medida que o anjo começou a tirar da vasilha, eu vi icebergs tremendos se derretendo. Quando aquilo aconteceu, vi inundações sobre todo o Canadá e América do Norte. Todos os rios inundaram; destruição em toda a parte. Escutei que o mercado mundial estava em colapso com poderosos terremotos, e os arranha-céus de Nova York estavam caindo. Milhões morrendo.

Eu vi barcos no oceano afundando. Escutei explosões por todo o norte do país. Vi o anjo lançando sobre o México e dois oceanos se juntando, o Atlântico e o Pacífico. Uma grande parte do norte do Brasil coberta com água, o rio Amazonas se tornando um grande mar. Florestas destruídas e inundadas. As maiores cidades do Brasil destruídas, terremotos em muitos lugares. A medida que o anjo lançou, grande destruição aconteceu no Chile e Argentina como nunca antes. O mundo todo estava abalado. Então eu escutei o anjo dizer: “Isto vai acontecer em pouco tempo.” Eu disse: “Você pode adiar?” Não lance estas coisas sobre o globo.”

E de repente eu vi os cinco anjos em volta do globo levantando as suas mãos e suas asas em direção ao céu e dizendo: “Toda glória ao Senhor do céus e da terra. Agora a hora chegou e ele glorificará ao seu Filho. A terra será queimada e destruída. Todas as coisas passarão. O novo Céu e a nova Terra virão. Deus destruirá as obras do diabo para sempre. Mostrarei o meu poder, protegendo meus filhos no meio de toda essa destruição.

Esteja pronto para aquele dia, porque o Senhor veio.

O meu quarto estava cheio de luz e brilho dos anjos. Então, de repente, eles ascenderam ao céu. A medida que eu olhava eu vi os anjos irem em cinco direções. Eu sei que eles já começaram as suas obrigações. Por mais de uma hora eu não podia me mover. Estava acordado, tremendo de tempos em tempos. Disse: “Senhor, devo deixar Patmos agora?” Ele disse: “Não, Eu trouxe você aqui para um propósito.” Respondi: “A mensagem dos anjos sobre todo o mundo não são boas novas. É juízo, punição, destruição, devastação. O que as pessoas irão dizer de mim? Eu sempre fui um pregador do amor, paz e boas novas.” O anjo disse, “É a nossa mensagem. Voce é o instrumento, o canal. Que privilégio que Deus tenha escolhido você para dar essa mensagem às nações.” Eu disse, “Senhor, isto será feito.” A Deus seja a Glória.

Por acaso, o SENHOR Deus faz alguma coisa sem revelar aos seus servos, os profetas? – Amós 3:7

Porquanto se levantará nação contra nação, e reino contra reino; e haverá fomes e terremotos em vários lugares(Mt 24:7)

Referências nas Escrituras :

I Tessalonicenses 4:13-18;5:1-11

Hebreus 12:22-29

Pedro 3:1-13

Que Droga!

abril 11, 2008

Que Droga!

extraido do site Avivamento Já
Então um anjo poderoso levantou uma pedra do tamanho de uma grande pedra de moinho, lançou-a ao mar e disse: “Com igual violência será lançada por terra a grande cidade de Babilônia, para nunca mais ser encontrada.

Nunca mais se ouvirá em seu meio o som dos harpistas, dos músicos, dos flautistas e dos tocadores de trombeta. Nunca mais se achará dentro de seus muros artífice algum, de qualquer profissão. Nunca mais se ouvirá em seu meio o ruído das pedras de moinho. Nunca mais brilhará dentro de seus muros a luz da candeia. Nunca mais se ouvirá ali a voz do noivo e da noiva. Seus mercadores eram os grandes do mundo. Todas as nações foram seduzidas por suas feitiçarias [PHARMAKIA]. – Apocalipse 18:21 a 23

Um adolescente que diz não às drogas e sim à educação. Isso é um milagre! – filme ‘O Todo Poderoso’

Babilônia, a cidade formosa, a maravilha do mundo antigo, traiu Deus e morreu. Contudo, enquanto Ele abre as cortinas no fim dos tempos, lá, em mistério, está essa grande cidade, ainda em combate mortal contra o povo de Deus, uma Babilônia viva com violência e poder, cheia de lascívia e ganância e assassinato e ódio. A Grande Babilônia, a inimiga de Cristo. Babilônia é um principado demoníaco.
Ninguém diz que falta “classe” à Babilônia . Seu mundo está cheio de luxo, comércio, turismo, cultura, música e arte. Veste-se com realeza (veja Apocalipse 18:16), faz seus negócios em metais preciosos e pedras preciosas (v. 12), exige sempre o melhor de tudo (v. 14). Porém a Babilônia vicia, escraviza e cativa. O motivo do seu tráfico é fazer escravos dos “corpos e das almas de seres humanos” (v. 13). Suas moradias são os repousos de demônios e os esconderijos de espíritos imundos, sua prole é imoralidade, violência, pecado – tudo que Deus mais odeia.
Então, o que é o poder fenomenal, persuasivo com que a Babilônia manipula os corpos e as almas dos homens e mulheres, jovens e velhos? O que é o negócio mais lucrativo na terra? Se você disser imóveis, aero-espaço, computadores, software, entretenimento, alimento, habitação, esportes ou qualquer outra coisa nos relatórios anuais das companhias da Fortuna 500, provavelmente errou. O que ganha mais dinheiro do que qualquer outra indústria na terra?
De acordo com as Escrituras, o poder da Babilônia é pharmakia, a palavra traduzida “feitiçarias” ou “bruxarias”, a coisa que dá a este principado o seu poder mundial. É aquilo que o povo tem usado desde as primeiras raízes da rebelião como substituto para o poder, a sabedoria e a provisão do Deus Vivo. É a palavra da qual derivam as palavras “farmácia” e “farmacêutica”. O que é a grande economia no tempo do fim do mundo? Esse que nós temos agora: O poder de Babilônia é as drogas.
Winkey Pratney – Fire on the Horizon

No Grego do Novo Testamento, a palavra PHARMAKIA também aparece em Gálatas 5:20 – entre ‘idolatria’ e ‘ódio’, e em Apocalipse 9:21, junto com assassinatos, imoralidade sexual e roubos. O Vines Expository Dictionary, uma referência padrão na língua inglêsa do Grego do Novo Testamento, define esta palavra como sendo “o uso de medicina, drogas, encantamentos”, depois “envenenamento” e depois “feitiçaria”.

No seu livro ‘Fire on the Horizon’ (Fogo no Horizonte) Winkie Pratney continua falando sobre o império das drogas lícitas, a indústria farmacêutica e seus efeitos no mundo de hoje. Porém, não podemos esquecer também do narco-tráfico, hoje um negócio mundial que movimenta bilhões de dólares por ano:

Nesse momento, o bandido da favela é o de menos – o que importa são os grande negócios, envolvendo milhões de dólares anualmente. Um estudo da ONU assegura que os números globais do tráfico estão entre 600 e 800 bilhões de doláres a cada ano. Em 1993 – e não faz tanto tempo assim – a contabilidade do mundo das drogas somava 360 bilhões de dólares. Dobrou em uma década.
Carlos Amorim – CV_PCC, A Irmandade do Crime

O relatório Brasil: Perfil do País 2005 do Escritório contra Drogas e Crime das Nações Unidas mostra um quadro sombrio para crianças e adolescentes brasileiros envolvidos no mundo das drogas:

As crianças que vivem nas ruas são constantemente aliciadas por gangues de traficantes de drogas. O Estatuto da Criança e do Adolescente do Brasil, de cunho protetor, prevê que crianças abaixo de 18 anos não podem ser presas, a menos que sejam pegas no ato de cometer um crime. Assim, a impunidade das crianças faz delas “aviõezinhos” ideais para as gangues de traficantes. Infelizmente, essas crianças são freqüentemente mortas por saberem demais, roubarem demais ou se verem no meio de fogo cruzado.
– páginas 1 e 2

Algumas abordagens foram usadas para se avaliar o consumo de drogas no país. Elas incluem estudos populacionais entre estudantes e meninos de rua, indicadores do consumo de drogas (hospitalizações por consumo de drogas, etc.) e estudos etnográficos. Todas essas abordagens indicam que o abuso de drogas é um fenômeno de importância crescente no Brasil. As comunidades mais pobres, onde as oportunidades sociais e profissionais são escassas, constituem uma fonte de mão-de-obra barata para os traficantes de drogas. É nessas comunidades que parece existir uma tendência de abuso de drogas em sua forma mais nociva — o uso de drogas injetáveis.
– página 22

O uso indevido de drogas entre a população brasileira, de um modo geral, e entre seus jovens, particularmente, aumentou significativamente ao longo da última década. O consumo quatro vezes maior de cocaína entre adolescentes revela que essa tendência representa um problema cada vez maior.
– página 28

Podemos perguntar porque o narco-tráfico se tornou tão grande ameaça contra os jovens, adolescentes e crianças que estão vivos hoje. Por que nenhuma outra geração tem enfrentado um perigo tão real, tão insidioso, tão onipresente, como as drogas?

Eu creio que a resposta a esta pergunta está na origem do poder da PHARMAKIA – um espírito maligno que busca escravizar, viciar e matar. Um espírito que resolveu manifestar-se poderosamente nestes tempos, contra esta geração. Uma geração escolhida por Deus e odiada pelo inimigo.

No livro CV_PCC de Carlos Amorim, há uma entrevista policial feita em 1991 com o Professor William da Silva Lima, um dos fundadores do Comando Vermelho:

Vou aos morros e vejo crianças com disposição fumando e vendendo baseado. Futuramente, elas serão três milhões de adolescentes que matarão vocês nas esquinas. Já pensou o que serão três milhões de adolescentes e dez milhões de desempregados em armas?
O inimigo tem seus planos para levantar uma geração de soldados, que matariam e morreriam na guerra do pó.

Mas Deus também tem seus planos, e na sua grande misericórdia, tem escolhido esta geração para juntar-se ao seu exército:

Toquem a trombeta em Sião;
dêem o alarme no meu santo monte.
Tremam todos os habitantes do país,
pois o dia do SENHOR está chegando.
Está próximo!

É dia de trevas e escuridão,
dia de nuvens e negridão.
Assim como a luz da aurora se estende pelos montes,
um grande e poderoso exército se aproxima,
como nunca antes se viu
nem jamais se verá nas gerações futuras.

O SENHOR levanta a sua voz à frente do seu exército.
Como é grande o seu exército!
Como são poderosos os que obedecem à sua ordem!
Como é grande o dia do SENHOR!
Como será terrível!
Quem poderá suportá-lo?

“Agora, porém”, declara o SENHOR,
“Voltem-se para mim de todo o coração
com jejum, lamento e pranto.”
Rasguem o coração, e não as vestes
Voltem-se para o SENHOR, o seu Deus,
pois ele é misericordioso e compassivo,
muito paciente e cheio de amor;
arrepende-se, e não envia a desgraça.

“E, depois disso,
derramarei do meu Espírito sobre todos os povos.
Os seus filhos e as suas filhas profetizarão,
Os velhos terão sonhos, os jovens terão visões.
Até sobre os servos e as servas derramarei do meu Espírito
naqueles dias.”

E todo aquele que invocar o nome do SENHOR será salvo,
pois, conforme prometeu o SENHOR,
no monte Sião e em Jerusalém
haverá livramento para os sobreviventes,
para aqueles a quem o SENHOR chamar.

Joel 2:1-2, 11-13, 28-29, 32

Jovem, sobrevivente desta guerra, aliste-se já neste exército poderoso de Deus!

PHARMAKIA . . . significava principalmente o uso de medicamentos, drogas, encantos; depois, envenenamento; daí, feitiçaria, . . . Veja também Apoc. 9:21; 18:23. . . . Na feitiçaria antiga, o uso de drogas, quer simples, quer fortes, era geralmente acompanhado por encantamentos e invocações de poderes ocultos, com o uso de diferentes talismãs, . . . para impressionar o cliente com os recursos misteriosos e os poderes do feiticeiro.”

Alerta !!!

Assim diz o Senhor:

Mas, quanto aos medrosos, e aos incrédulos, e aos abomináveis, e aos homicidas, e aos adúlteros, e aos feiticeiros(víciados), e aos idólatras, e a todos os mentirosos, a sua parte será no lago ardente de fogo e enxofre, que é a segunda morte.

Ora, as obras da carne são manifestas, as quais são: a prostituição, a impureza, a lascívia, a idolatria, a feitiçaria(viciados), as inimizades, as contendas, os ciúmes, as iras, as facções, as dissensões (Gl 5:20)

A Marca”666″, e a Implementação do Bio-Chip (Parte 1)

abril 2, 2008

666red.jpg

A Marca”666″, e a Implementação do Bio-Chip

“E fez que a todos, pequenos e grandes, ricos e pobres, livres e servos, lhes seja posto um sinal na sua mão direita, ou nas suas testas, para que ninguém possa comprar ou vender, senão aquele que tiver o sinal, ou o nome da besta ou o número do seu nome” .

Introdução. Na antiga dispensação, Deus exigia que todos os machos do povo de Israel tivessem uma marca no seu corpo, a marca da circuncisão. Proibiu, também, que fizessem qualquer outra marca (Lev,. 19:28). Na nova dispensação, há uma marca, um selo espiritual: “havendo também crido, fostes selados com o Espírito Santo da promessa” (Ef 1:3).

Ver outros exemplos em Gál. 6:17 e Ez. 9:4 No Apocalipse já outros exemplos de se receber uma marca especial: Na antiga dispensação, Deus exigia que todos os machos do povo de Israel tivessem uma marca no seu corpo, a marca da circuncisão. Proibiu, também, que fizessem qualquer outra marca (Lev,. 19:28). Na nova dispensação, há uma marca, um selo espiritual: “havendo também crido, fostes selados com o Espírito Santo da promessa” (Ef 1:3). Ver outros exemplos em Gál. 6:17 e Ez. 9:4 No Apocalipse já outros exemplos de se receber uma marca especial:

1. Os 144.000 receberam uma marca na testa (7:1-8; 14:1-3)

2. Os habitantes da Nova Jerusalém terão o Nome de Deus nas suas testas para sempre (22:4)

O Falso Profeta, querendo imitar a obra do Espírito Santo, também, experimentará levar todos os habitantes da terra a receberem a sua marca. Mas todo o que a receber, “será atormentado com fogo e enxofre” (14:10). Algo que parecerá insignificante é de trágica e eterna consequência, sendo punido com o maior castigo da parte de Deus (14:9-11). Isto porque receber essa marca significa aceitar o sistema satânico contra Deus.

Neste versículo temos um outro aspecto das condições que prevalecerão nos dias tenebrosos da última metade da 70ª semana de Daniel. Será obrigatória a submissão à vontade desta besta. Mencionam-se várias classes e, pelo que se lê, é fácil observar que todos (de todas as nações, tribos e línguas) estarão sob o domínio da Besta. O povo terá de submeter-se à sua vontade e quem recusar a obedecer às suas imposições será morto.

Na antiga dispensação, Deus exigia que todos os machos do povo de Israel tivessem uma marca no seu corpo, a marca da circuncisão. Proibiu, também, que fizessem qualquer outra marca (Lev,. 19:28). Na nova dispensação, há uma marca, um selo espiritual: “havendo também crido, fostes selados com o Espírito Santo da promessa” (Ef 1:3).

Ver outros exemplos em Gál. 6:17 e Ez. 9:4 No Apocalipse já outros exemplos de se receber uma marca especial: 1. Os 144.000 receberam uma marca na testa (7:1-8; 14:1-3) 2. Os habitantes da Nova Jerusalém terão o Nome de Deus nas suas testas para sempre (22:4) O Falso Profeta, querendo imitar a obra do Espírito Santo, também, experimentará levar todos os habitantes da terra a receberem a sua marca. Mas todo o que a receber, “será atormentado com fogo e enxofre” (14:10).

Algo que parecerá insignificante é de trágica e eterna consequência, sendo punido com o maior castigo da parte de Deus (14:9-11). Isto porque receber essa marca significa aceitar o sistema satânico contra Deus. Neste versículo temos um outro aspecto das condições que prevalecerão nos dias tenebrosos da última metade da 70ª semana de Daniel.

Será obrigatória a submissão à vontade desta besta. Mencionam-se várias classes e, pelo que se lê, é fácil observar que todos (de todas as nações, tribos e línguas) estarão sob o domínio da Besta. O povo terá de submeter-se à sua vontade e quem recusar a obedecer às suas imposições será morto. O sinal, seja de que natureza for, na mão direita, indica que o seu possuidor é um escravo ativo da besta; na testa, constitui o testemunho público de suição ao decreto.

Em qualquer dos casos, todos serão obrigados a reconhecer a supremacia absoluta da besta. Todos terão de pertencer a esta organização sob pena de serem privados dos meios necessários à vida. As compras e vendas só poderão ser feitas pelos que tiverem a marca especial. Será grande a tirania do homem sobre os seus semelhantes.

Todo o trabalho, comércio e bens mais indispensáveis (como água e comida) serão negadas aos que, fieis a Deus e à verdade da Sua Palavra, se recusem submeter às Bestas. Hoje proliferam acordos internacionais que sujeitam os homens a determinados princípios, incluindo regras que limitam a produção de um Estado no seio da comunidade — assim sucede no âmbito da Comunidade Europeia.

Todos estes acordos e regras tendem a criar uma situação que, num dado momento, facilitará a acção de satanás, cuja obra prima será uma tirania perversa e simultânea no plano político, social e religioso.

O sinal, o nome da besta e o número do seu nome não são totalmente independentes, embora o versículo os apresente sob a conjunção “ou” mostrando haver possibilidade de opção. Mas qualquer que seja a opção, a origem é a mesma. O nome da besta não nos é revelado, mas o número (666) corresponderá ao seu nome. Uma coisa é certa: quando surgirem tão nefastas condições, Deus iluminará a inteligência dos seus santos que viverem na terra e estes, assim iluminados, saberão qual o carácter da besta, do seu sinal, do seu nome e do seu número. v.17 e 18 “Para que ninguém possa comprar ou vender, se não aquele que tiver o sinal, ou o nome da besta ou o número do seu nome. Aqui há sabedoria: Aquele que tem entendimento, calcule o número da besta; porque é o número de um homem, e o seu número é seiscentos e sessenta e seis”

Extraído do site caminho cristão.

Continua…

OS DEUSES ESTÃO VOLTANDO

abril 1, 2008

zeus.jpg

Apesar de toda informação evangélica e desenvolvimento científico, a humanidade persiste em manter-se distante do Deus verdadeiro e procura invocar os deuses do passado, que representa a cegueira e ignorância em todos os sentidos. Os jornais recentemente noticiaram de que o antigo deus grego, Zeus voltou a ser adorado, no melhor estilo pagão por um grupo de devotos. O primeiro culto já aconteceu com a participação de duzentas pessoas, organizado pela Ellinais, um grupo ateniense que luta na justiça para trazer de volta a velha religião.

Aqueles que ainda não conheceram o Deus verdadeiro tende a voltar-se aos ídolos, que segundo a Bíblia Sagrada: “Têm boca e não falam; têm olhos e não vêem; têm ouvidos e não ouvem; têm nariz e não cheiram. Suas mãos não apalpam; seus pés não andam; som nenhum lhes sai da garganta – e acrescenta – Tornem-se semelhantes a eles os que os fazem e os que neles confiam”.

Essa mesma Atenas que procura fazer ressurgir o deus Zeus, teve no longínquo passado a visita do Apóstolo Paulo onde seu espírito ficou angustiado em face da idolatria que grassava na cidade e procurava convencê-los a respeito de Jesus o Salvador e sua gloriosa ressurreição, mas eles resistiam dizendo: “Que nova doutrina é essa que ensinas? Paulo respondendo a esta e outras indagações, disse: “Senhores atenienses! Em tudo vos vejo acentuadamente religiosos; porque, passando e observando os objetos do vosso culto, encontrei também um altar no qual está escrito: AO DEUS DESCONHECIDO. Pois esse que adorais sem conhecer é precisamente aquele que eu vos anuncio. O Deus que fez o mundo e tudo o que nele existe, sendo ele Senhor do céu e da terra, não habita em santuários feitos por mãos humanas, como se de alguma coisa precisasse; pois ele mesmo é quem a todos dá vida, respiração e tudo mais (…). Sendo, pois, geração de Deus, não devemos pensar que a divindade é semelhante ao ouro, à prata ou à pedra, trabalhados pela arte e imaginação do homem”.

Mas, lamentavelmente somos levados a afirmar que milhares de pessoas hoje, se voltam para todas as formas de ídolos, e muitas delas, cristãs. Mas, a misericórdia de Deus ainda não terminou. Ele está pronto para reconhecer como filhos aqueles que se afastam da idolatria e se voltam com um coração contrito para Ele. Foi isso que afirmou o apóstolo aos atenienses: “Ora não levou Deus em conta os tempos da ignorância; agora, porém notifica aos homens que todos, em toda parte, se arrependam”. Abandonar os ídolos e voltar-se para Jesus Cristo é descobrir o sentido da verdadeira religião.

Francisco Meirinho