Archive for the ‘Noticias’ Category

Arqueólogo diz que encontrou local onde Deus falou com Moisés pela primeira vez

dezembro 14, 2016

 

Arqueólogo diz que encontrou local onde Deus falou com Moisés pela primeira vezUm arqueólogo egípcio afirma ter encontrado o local exato onde Deus falou pela primeira vez com Moisés, relata a World Israel News. O pesquisador disse ter descoberto o lugar onde Deus falou a Moisés e lhe ordenou: “tira os teus sapatos porque estás em terra santa”.

Abdul Rahim Rayhan disse que o Monte Sharia, também conhecido como Monte Sinai, nas proximidades do mosteiro de Santa Catarina na parte sul da Península do Sinai (Egito), é o local onde ocorreu o encontro.

“Todos os estudos confirmaram que este é realmente o local onde Deus se manifestou a Moisés”, disse Rayhan, gerente geral de pesquisa de estudos arqueológicos e publicação científica, no Sinai.

Sarça ardente

Segundo seus estudos, o Mosteiro de Santa Catarina tem um arbusto que se acredita ser a sarça ardente em que Deus apareceu pela primeira vez a Moisés. Embora as tradições locais incluam essa afirmação, nenhum outro arqueólogo apresentou tais afirmações. Além disso, o judaísmo tem, na tradição definitiva, a localização bíblica de Horeb, identificada como a localização da sarça ardente registrada no livro de Êxodo.

É importante notar que o relatório de Al-Arabiya apontou que o primeiro encontro entre Deus e Moisés é relatado nos livros sagrados do cristianismo e do Islã, mas não mencionou a fonte original, que antecede esses livros por mais de mil anos – a Bíblia judaica.

 

Fonte : Portal Guia-me

Anúncios

Mais de 300 mil pessoas já implantaram biochips em seus corpos

dezembro 1, 2016

Mais de 300 mil pessoas já implantaram biochips em seus corpos
Mais de 300 mil pessoas já implantaram biochips em seus corpos. O aparelho tem o tamanho de um grão de arroz e serve tanto para usos medicinais, quanto para segurança

por Leiliane Roberta Lopes

A medicina está prestes a iniciar a implantação de um biochip que será capaz de controlar diabetes, ser usado como método contraceptivo e ainda para fazer exames dando um diagnóstico preciso e rápido até mesmo para casos de câncer.

O biochip é um dispositivo eletrônico do tamanho de um grão de arroz chamado de “wearables” assim como acessórios tecnológicos de uso pessoal como os óculos, relógio e pulseiras fabricados por empresas como LG, Motorola e Samsung.

A diferença é que este pequeno dispositivo será implantado dentro do organismo humano. “Os biochips vão acelerar o diagnóstico das doenças, porque são ultrasensíveis. Isso vai permitir exames de análises clínicas mais rápidos e baratos”, diz Idagene Cestari, diretora de bioengenharia do Instituto do Coração (Incor) em entrevista à Veja.

Através dessa cápsula de vidro será possível, por exemplo, analisar substâncias como o sangue para identificar se a pessoa está ou não doente.

Em casos de diabetes o biochip poderá ser implantado para liberar a quantidade ideal de insulina. Casos de pressão alta também poderão ser acompanhados por este pequeno aparelho que promete revolucionar a medicina.

Idagene é uma entusiasta sobre o uso desse dispositivo. “Poderemos fazer uma medicina personalizada”, disse ele.

Uma startup ligada ao  Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT)  já testou um biochip para evitar gravidez. Implantado sob a pele ou no abdômen da mulher ele libera diariamente uma pequena dose de hormônio contraceptivo. O aparelho pode ser usado por 16 anos, quando a mulher desejar ter filhos, através de um controle remoto o médico ou a paciente desativa o biochip e estará pronta para gerar.

No Brasil a Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP) na área de otorrinolaringologia tem testado o biochip para casos de surdez.

Implantado no ouvido dos pacientes surdos, ou no tronco cerebral, o biochip libera impulsos elétricos estimulando o nervo auditivo. Com esse procedimento espera-se que cérebro interprete a informação e restaure a capacidade do usuário reconhecer os sons, ainda que sejam “robóticos”.

Uso de biochips aumenta a cada dia

O uso do biochips pode parecer novidades, mas há cerca de 300 mil pessoas que já usam esses dispositivos no mundo todo. A Veriteq Corp, fabricante de biochips nos Estados Unidos, já tem aval da  Food and Drug Administration (FDA) e já comercializada três modelos de dispositivos.

No Brasil não há fabricantes desses dispositivos, mas alguns brasileiros já estão usando para abrir carros e conectar computadores como é o caso de Raphael Bastos, de 28 anos.

Morador de Belo Horizonte (MG) o jovem conseguiu implantar um biochip que lhe permite destravar computadores, passar por catracas, destrancar portas e ligar o carro apenas encostando a mão esquerda em um leitor.

Bastos conseguiu adquirir um biochip através da loja Dangerous Things, um site especializado em comercializar esses dispositivos. Com 99 dólares é possível comprar o aparelho e ainda seringas especiais e bisturis que devem ser usados para a implantação do produto.

Fonte: Gospelprime

Nota do Blog Vem Jesus

Para muitos cristãos esse biochip é o princípio do cumprimento da profecia do Apocalipse que diz
um sinal será colocado nas mãos e testas dos cidadãos que não poderão deixar de comprar e vender sem ele.  Conforme está escrito:

Também obrigou todos, pequenos e grandes, ricos e pobres, livres e escravos, a receberem certa marca na mão direita ou na testa, para que ninguém pudesse comprar nem vender, a não ser quem tivesse a marca, que é o nome da besta ou o número do seu nome. Aqui há sabedoria. Aquele que tem entendimento calcule o número da besta, pois é número de homem. Seu número é seiscentos e sessenta e seis.  (Apocalipse 13:16-18 )

Papa e evangélicos assinam documento: “O que nos une é maior”

novembro 12, 2016

Papa e evangélicos assinam documento: “O que nos une é maior”
Nova declaração conjunta foi apresentada em cerimônia ecumênica na Suécia

por Jarbas Aragão (Gospelprime)

Papa e evangélicos assinam documento ecumênico.

Por ocasião do início das comemorações dos 500 anos da Reforma Protestante, foi feita uma cerimônia na Suécia que reuniu líderes do Vaticano, incluindo o papa Francisco e as principais lideranças da igreja luterana europeia.

Nessa espécie de “contagem regressiva”, para o aniversário de meio milênio a ser comemorado em 31 de outubro de 2017, a catedral de Lund recebeu uma cerimônia ecumênica, seguida da apresentação de mais um documento de cooperação entre os dois ramos mais populares do cristianismo.

O encontro também marca os 50 anos de cooperação entre católicos e luteranos, que teve início logo após a declaração do Concílio Vaticano II. Outro grande passo foi a assinatura da “Declaração conjunta sobre a doutrina da justificação”, assinada em 1999, onde teólogos católicos e luteranos minimizaram boa parte do que Lutero defendia quando deu início à Reforma, divulgando suas 95 teses na Alemanha. A escolha da catedral de Lund é simbólica, pois ela foi erguida como templo católico, mas serve como espaço de culto evangélico desde o século 16.

Pedido mútuo de perdão

O papa Francisco chegou à Suécia nesta segunda-feira (31) para se reunir com líderes luteranos em uma demonstração de unidade. A data marca o início do protestantismo evangélico que dividiu países e resultou em violenta perseguição religiosa. A Guerra dos 30 Anos, entre 1618 e 1648, foi um dos episódios mais sangrentos da história europeia. Na Suécia, por exemplo, eram punidos com rigor, incluindo mortes e deportações, aqueles que rejeitavam a fé luterana.

Ontem, os líderes cristãos lamentaram essas divisões históricas. Pediram mutuamente perdão pelas mortes e pelas dores causadas pela divisão da Igreja. “Nossa separação tem sido uma imensa fonte de sofrimento e incompreensão”, afirmou Francisco. “Como católicos e luteranos, tomamos agora uma jornada comum de reconciliação”, assegurou durante seu sermão na catedral de Lund.

Na chegada, Francisco foi recebido com aplausos. Durante a cerimônia, alternou os momentos de oração com os líderes da Federação Luterana Mundial. Estavam presente no evento o rei da Suécia, Carl 16 Gustaf e a rainha Silvia.

No final do evento foi divulgado uma declaração conjunta assinada pelo pontífice e por Munib Younan presidente da Federação Luterana Mundial, que representa mais de 74 milhões de pessoas em 98 países.

O material afirma: “Graças ao diálogo e testemunho compartilhado, já não somos desconhecidos. Aprendemos que aquilo que nos une é maior do que aquilo que nos separa. Enquanto somos profundamente agradecidos pelos dons espirituais e teológicos recebidos através da Reforma, também confessamos e lamentamos diante de Cristo que luteranos e católicos feriram a unidade visível da igreja. As diferenças teológicas foram acompanhadas de preconceitos e conflitos, e a religião foi instrumentalizada para fins políticos “.

Também diz a declaração que os dois grupos recusam “energicamente todo o ódio e violência, passado e presente, especialmente a cometida em nome da religião”.

Etapas do ecumenismo mundial

Essa aproximação com evangélicos não é o único passo do Vaticano para o ecumenismo mundial.

O papa Francisco já disse que cristãos e muçulmanos são “irmãos e irmãs viajando pelo mesmo caminho”. Em reunião com Bartolomeu I, um dos mais importantes líderes da igreja ortodoxa, falou sobre a tentativa de reunificação das duas vertentes do cristianismo, separadas há quase mil anos.

No último outubro, uma cerimônia no Vaticano reuniu líderes, de mais de uma dezena de tradições religiosas, incluindo sikhs e hindus. Francisco pediu na ocasião que “Todos os crentes, de todas as religiões, juntos, podemos adorar ao criador por ter nos dado o jardim que é esse mundo”.

No final, pediu que cada um fizesse orações, “conforme sua própria tradição religiosa” e conclamou aos representantes das diferentes fés presentes que pedissem ao “seu deus” que os fizesse “mais irmãos”. Perto da virada do ano, incluiu os ateus nesse grupo.

Recentemente lançou uma campanha de mídia onde afirma que membros de todas as religiões são “filhos de Deus”.

Fonte: Gospelprime

Satanistas inauguram polêmica estátua de bronze de uma tonelada

julho 27, 2015

Satanistas inauguram polêmica estátua de bronze de uma tonelada
Uma estátua de bronze de uma tonelada de Baphomet – deus oriental que tem a representação associada a Satanás no cristianismo – foi inaugurada por uma organização satânica em Detroit, nos Estados Unidos, sob forte polêmica. De acordo com o The Guardian, eles pretendiam pôr a escultura na cidade de Oklahoma, próxima a um monumento dedicado aos Dez Mandamentos, mas cristão locais foram contrários.

Foto: Reprodução / Mic News
Fonte: Bahia Notícias

Pastor morre após afirmar que estava pronto para ser levado por Deus

junho 2, 2015

13 de maio de 2015

pr

Fiéis da Igreja Batista “Greater Saint Mary”, em Nova Orleans, Estados Unidos, foram surpreendidos durante o culto do domingo (3) quando o pastor Kenneth Green, 56 anos, faleceu durante a pregação.

Segundo informações, o pastor havia afirmado que estava pronto para se encontrar com Deus quando caiu morto diante de todos. “Se o Senhor me chamar agora, eu estou pronto”, foram suas últimas palavras.

Green pregava sobre o livro de Salmos. Uma das testemunhas, Joan Martin, senhor que faz parte do hall de membros da igreja confirmou as informações ao canal de notícias local WDSU.

“Ele tinha mencionado que, se o Senhor o chamasse agora ‘estava pronto para ir”, disse ela. Ainda segundo Joan, o pastor chegou a olhar para cima antes de cair no chão.

“Antes de tomar água, ele limpou o rosto, e então ele olhou para cima e parecia que seus olhos estavam revirados, como se não houvesse vida neles, então foi ao chão. Todo mundo estava em um estado de choque… as pessoas estavam chorando”.

Os paramédicos foram chamados e tentaram reanimar o pastor, mas ele já havia falecido. Green era casado e deixa três filhos. Ele estava à frente da Great Sant Mary há 8 anos e é lembrado com carinho pelos fiéis.

Joan Martin, por exemplo, fez questão de citar na imprensa que quando ele perdeu dois filhos foi o pastor quem esteve ao seu lado dando apoio e falando sobre esperança.

“Lembre-se de seu amor por Deus e o trabalho que ele fez pelo Senhor, e como ele tentou fazer tudo por todos”, disse a senhora tentando reanimar seus amigos de igreja.

Fonte: Gospel Prime \ Com informações Christian Post

Terra está nos primeiros dias de um novo evento de extinção em massa, alertam pesquisadores

dezembro 3, 2014

fim dos tempos

Muitos cientistas acreditam que a Terra pode estar vivenciando uma nova extinção em massa, mesmo que a maioria das pessoas não perceba o que está acontecendo. Seria a sexta vez que nosso planeta vivencia este fenômeno. As informações são do The Washington Post

Foto: Alamy

Terra está nos primeiros dias de um novo evento de extinção em massa, alertam pesquisadores

Cientistas classificam cinco perdas de vida animal em grande escala como eventos de extinção em massa, todos os quais ocorreram milhões de anos atrás. Em anos recentes, o planeta viu a perda de centenas de espécies animais e, de acordo com uma nova análise de uma equipe internacional, o planeta pode estar nos primeiros dias de umsexto evento de extinção em massa.

Como parte do estudo, os pesquisadores analisaram levantamentos prévios e dados científicos para chegar à conclusão de que atividades humanas e aumentos populacionais repentinos ao redor do mundo – não um evento catastrófico, como o impacto de um asteroide, por exemplo – são responsáveis pelo declínio drástico na vida animal.

O autor principal do estudo, Rodolfo Dirzo, professor de biologia da Universidade Stanford, cita ações como sobreexploração de recursos e destruição de habitats como exemplos de ações humanas danosas.

Desde 1500, 322 vertebrados terrestres foram extintos, dizem os autores em sua análise, publicada na sexta-feira na revista Science.

Das espécies terrestres remanescentes, houve uma queda de 25% em sua abundância. A situação também parece difícil para os invertebrados, com um declínio de 45% nas espécies sob monitoramento.

O que isso significa para o planeta?

Pode haver consequências imprevistas além da possível extinção das espécies sob risco de desaparecimento.

“Temos a tendência de pensar na extinção de uma espécie como seu sumiço da face da Terra, e isso é importante, mas há uma perda de ecossistemas críticos nos quais os animais têm papeis fundamentais, e precisamos prestar atenção nisso também”, disse Dirzo.

Ele apontou para efeitos como ameaças a ecossistemas que hoje são estáveis e até mesmo riscos para a saúde humana.

“Onde há alta densidade humana, você tem altos índices [de declínio animal], altos índices de roedores e, portanto, altos índices de patógenos, que aumentam os riscos de transmissão de doenças”, disse Dirzo em sua declaração, acrescentando: “Pode ser um círculo vicioso”.

Biólogos da Universidade Duke relataram em maio que a Terra está no limiar de um sexto evento de extinção em massa.

O estudo, que se concentrou em taxas passadas e presentes de extinção, apontou que plantas e animais estão se extinguindo mil vezes mais rápido que antes da chegada das populações humanas.

Apesar de os humanos serem responsáveis por dar início a mais um evento de extinção em massa, ainda pode haver tempo para reação.

Como nota a Scientific American, as taxas de extinção atuais sugerem que os humanos ainda têm um ou dois séculos para mudar de rumo.
Ben Collen, professor do University College, de Londres, e co-autor da nova análise da extinção em massa, diz que os cientistas precisam se concentrar em espécies que estão prosperando.

“A prevenção de mais declínios vai exigir que entendamos melhor que espécies estão ganhando e que espécies estão perdendo na luta pela sobrevivência e, estudando os vencedores, que apliquemos o que for aprendido para melhorar os programas de conservação, disse ele numa declaração.

“Também precisamos desenvolver ferramentas preditivas para modelar o impacto de mudanças no ecossistema para que os esforços de conservação sejam priorizados, trabalhando com governos globalmente para criarmos políticas de apoio capazes de reverter as tendências preocupantes que temos visto

Fonte: Brasil Post/R7